Jogo online sobre herói perdido no mar ajuda cientistas a estudarem demência

LONDRES (Reuters) - Um jogo online que acompanha a jornada de um idoso ex-explorador do oceano que perdeu suas memórias ajudou cientistas a liderar um vasto estudo internacional sobre demência e deu importantes resultados preliminares sobre as habilidades humanas de orientação.

O jogo, chamado Sea Quest Hero e desenvolvido pela Deutsche Telekom e a Alzheimer’s Research UK, foi lançado em maio e já gerou dados suficientes para ajudar a criar uma referência global para o processo de navegação do cérebro humano e como ele varia entre homens e mulheres, jovens e idosos.

Ele já foi jogado mais de 2,4 milhões de vezes no mundo, dando o equivalente a mais de 9.400 anos de pesquisa laboratorial, disseram os cientistas nesta quarta-feira - e está mostrando potencial para ajudar a diagnosticar demência mais cedo.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o número total de pessoas que sofriam de demência em 2015 era estimado em 47,5 milhões e este número estava aumentando rapidamente, com o crescimento da expectativa de vida e idade das sociedades. Projeções estimam que números cheguem a 75,6 milhões até 2030 e mais do que tripliquem entre hoje e 2050.

Em resultados preliminares, publicados e apresentados em uma conferência de neurociência nos Estados Unidos, cientistas descobriram que a capacidade de navegação espacial começa a cair após o início da vida adulta e mantém este comportamento.

Uma vez que o jogo mostra as mudanças na capacidade de navegação espacial - ambas as pioras e melhoras - ele também pode ser usado em futuros testes de medicamentos para avaliar a efetividade de possíveis tratamentos, disseram os pesquisadores.

(Por Kate Kelland)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos