Negociações sobre saída britânica da UE levarão muito mais que dois anos, diz líder do Eurogrupo

LONDRES (Reuters) - As negociações da saída do Reino Unido da União Europeia, conhecida como Brexit, são muito complexas e irão demorar mais do que os dois anos programados, disse o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, nesta quarta-feira.

Londres disse que irá acionar o Artigo 50 do Tratado de Lisboa até o final de março, iniciando uma contagem regressiva de 24 meses para se desfiliar do bloco.

"As negociações são imensamente complexas... elas irão levar muito mais de dois anos", afirmou o holandês Dijsselbloem, que chefia o grupo de ministros das Finanças da zona do euro, em um evento na capital inglesa, acrescentando que os dois lados estão se vendo com "alguma desconfiança".

Um memorando vazado e publicado pela mídia britânica nesta semana disse que o governo do Reino Unido não tem uma estratégia geral para a separação da UE e que divisões no gabinete da primeira-ministra britânica, Theresa May, podem atrasar uma posição de negociação clara durante seis meses. O governo minimizou o memorando, que disse não ter credibilidade.

Segundo Dijsselbloem, muitos na Europa não estavam preparados para o referendo de junho que decidiu o rompimento britânico com o bloco, resultado que não foi previsto nas pesquisas.

"As pessoas fazem piadas sobre o Reino Unido não ter um plano para o Brexit, mas muitos europeus tampouco tinham um plano", disse Dijsselbloem.

(Por John Geddie)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos