Vitória de Trump pressiona por reformas no Brasil, dizem executivos

NOVA YORK (Reuters) - A vitória de Donald Trump nos Estados Unidos e a volatilidade do mercado que se seguiu a ela devem encorajar os políticos brasileiros a avançar com as ambiciosas reformas econômicas que ajudariam a aliviar o país da turbulência global, disseram executivos e banqueiros na terça-feira.

A falta de uma atitude decisiva para pressionar o Congresso para aprovar uma ampla reforma nas legislações de Previdência, trabalhista e de limite de gastos nos próximos meses poderia pôr em risco o esforço do presidente Michel Temer para tirar o Brasil da recessão mais profunda em oito décadas, disseram executivos à Reuters em um evento patrocinado pelo Bradesco em Nova York.

Um deles, que se recusou a se identificar, disse que a surpreendente vitória de Trump mostrou que "mais do que nunca, o destino do Brasil depende do Brasil, o que significa que cabe a nós consertar nossa economia e atrair capital".

A vitória de Trump levou ondas de choque para os mercados emergentes, com as moedas do México até Brasil perdendo mais de um décimo de seu valor e o preço dos títulos locais caindo.

O governo Temer tem sido cauteloso na reação à eleição norte-americana, mas autoridades reconheceram que a recuperação incipiente do país poderá sofrer se Trump cumprir suas promessas de limitar o comércio.

(Por Guillermo Parra-Bernal)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos