Controladores da CAB Ambiental fazem acordo para reestruturação de dívida

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de saneamento CAB Ambiental divulgou nesta quinta-feira que Galvão Participações (Galpar), BNDESPar, Banco Votorantim e a RKP Investments acertaram acordo de investimento e para reestruturar a dívida da companhia.

Pelo acordo, a Galpar vai colocar as ações que detém na CAB Ambiental num fundo de investimento em participações controlado pela RKP, passando a ser cotista do fundo.

A empresa não deu detalhes sobre o acordo.

Em recuperação judicial, a Galvão detém 66,58 por cento da CAB Ambiental e o BNDESPar os 33,42 por cento restantes.

A CAB Ambiental, que tem 18 contratos em Santa Catarina, Alagoas, Paraná e Mato Grosso, fechou o terceiro trimestre com dívida líquida de 1,18 bilhão de reais. O endividamento medido por dívida líquida sobre lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de 7,76 vezes.

A empresa havia informado antes que estava enfrentando restrições de crédito devido à recuperação judicial do acionista controlador e que vinha buscando soluções como renegociação de dívidas para ampliar investimentos nas operações.

No começo do mês, a prefeitura de Cuiabá (MT) prorrogou a intervenção na subsidiária da empresa na cidade até 15 de dezembro.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos