Alemã BMW e chinesa Baidu encerram parceira em pesquisa sobre carros autônomos

GUANGZHOU E WUZHEN, China (Reuters) - A montadora alemã BMW e o grupo chinês Baidu vão encerrar a parceira em pesquisas sobre carros autônomos, comunicaram executivos das duas empresas nesta sexta-feira.

O diretor de desenvolvimento de carros autônomos da Baidu, Wang Jing, disse, sem entrar em detalhes, que a companhia agora está usando os carros Lincoln, da montadora Ford, em testes nos Estados Unidos.

"Estou aberto a quaisquer parceiros, na verdade estou aceitando vários", disse Wang à Reuters durante a 3ª Conferência Mundial de Internet, realizada em Wuzhen, na China.

Líderes de tecnologia e do setor automotivo afirmam que os carros do futuro serão capazes de se autodirigir, revolucionando a indústria de transportes. Praticamente todas as montadoras e grupos de tecnologia, incluindo a Alphabet, e a fabricantes de auto-peças Delphi, estão investindo pesadamente no desenvolvimento da tecnologia.

BMW e Baidu decidiram encerrar a cooperação, que envolvia testes nos EUA e na China, por terem opiniões diferentes sobre como proceder com a pesquisa, explicou à Reuters o presidente da montadora na China, Olaf Kastner.

"Agora descobrimos que o ritmo de desenvolvimento e as ideias das duas companhias são um pouco diferentes", afirmou Kastner, sem entrar em detalhes.

(Por Jake Spring e Catherine Cadell)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos