Deloitte seguirá investindo pesadamente no Reino Unido, diz presidente

LIMA (Reuters) - A Deloitte continuará investindo pesadamente no Reino Unido e não tem planos de deixar o país, disse o presidente global da empresa de auditoria e consultoria, David Cruickshank, após circularem notícias na mídia de que o grupo poderia transferir as operações se a postura sobre imigração no pós-Brexit fosse muito dura.

"Ainda temos uma base muito grande no Reino Unido e temos orgulho da nossa herança britânica", afirmou Cruickshank durante o fórum anual da Cooperação Econômica da Ásia-Pacífico (Apec, na sigla em inglês), realizado no Peru.

"(O Brexit) só estabelece que o Reino Unido tem que ser muito bom em comércio internacionalmente, fazendo as coisas internacionalmente e é aí que nossos esforços estão. Então continuamos investindo fortemente no Reino Unido", disse o executivo.

A Deloitte atraiu críticas do governo na semana passada, após o vazamento de um memorando interno escrito por seus consultores informando que o Reino Unido não tinha uma estratégia para deixar a União Europeia.

Cruickshank, que já foi presidente do Deloitte UK, afirmou ainda não ter lido o memorando.

Na quinta-feira, o presidente do Deloitte UK, David Sproul, disse à Sky News que a empresa estaria preparada para transferir as operações do Reino Unido, se houvesse restrições em imigração.

(Por Rosalba O'Brien)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos