Doente terminal britânica conquista direito de congelar corpo

LONDRES (Reuters) - Uma garota de 14 anos que morreu de câncer foi congelada criogenicamente na esperança de ser trazida de volta à vida no futuro depois de vencer um caso jurídico histórico pouco após a sua morte, relatou a BBC nesta sexta-feira.

A rede britânica disse que o desejo da menina de ser preservada teve apoio da mãe, mas não do pai.

Segundo a BBC, um juiz da Alta Corte determinou que a mãe da menina deveria ter permissão para decidir o destino de seu corpo.

A menina, que morava em Londres, não pode ser identificada por motivos legais.

Quando faleceu, em outubro, seu corpo foi levado aos Estados Unidos e preservado naquele país, acrescentou a BBC.

A criogenia é a prática ou técnica de congelar os corpos de pessoas que morreram de doenças incuráveis na expectativa de uma cura futura.

(Por James Davey)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos