Mexicano Juan Gabriel leva 3 prêmios no Grammy Latino; Hamilton de Holanda vence melhor instrumental

LAS VEGAS (Reuters) - O cantor e ator mexicano Juan Gabriel, que morreu em agosto, conquistou na noita de quinta-feira os primeiros prêmios Grammy Latino da carreira, vencendo o Álbum do Ano por "Los Duo 2" e mais duas categorias.

Gabriel, um dos cantores e compositores latinos com maior número de vendas, também venceu na categoria de Melhor Álbum Pop/Vocal Tradicional, e seu trabalho com a cantora portorriquena India em "Intensamente India Con Canciones de Juan Gabriel" fez com que conquistasse ainda o Melhor Álbum de Salsa.

Ele morreu em agosto, aos 66 anos, durante turnê na Califórnia e nunca havia recebido um Grammy, apesar de ter gravado 18 álbuns.

Os colombianos Shakira e Carlos Vives também ficaram entre os vencedores, levando para casa dois prêmios pela canção "La Bicicleta", que venceu Gravação do Ano e Canção do Ano.

O bandolinista e compositor brasileiro Hamilton de Holanda recebeu o prêmio de Melhor Álbum Instrumental por seu trabalho em "Samba de Chico".

A cantora e compositora Céu venceu na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa. O gaúcho Ian Ramil e a banda Scalene empataram na categoria Melhor Álbum de Rock em Língua Portuguesa.

As lendas da música brasileira Martinho da Vila e Elza Soares também levaram prêmios para casa, nas categorias Melhor Álbum de Samba/Pagode e Melhor Álbum de Música Popular Brasileira, respectivamente.

Paula Fernandes e Djavan também receberam prêmios em categorias exclusivas para música brasileira no evento que tem nomeados e vencedores escolhidos por membros da Academia Latina de Artes e Ciências da Gravação.

(Reportagem de Jill Serjeant)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos