Obama e líderes da UE concordam em manter cooperação através da Otan após vitória de Trump

BERLIM (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e líderes europeus concordaram em Berlim nesta sexta-feira que precisam continuar trabalhando juntos como parte de organismos multilaterais como a Otan e pressionar pela continuação da agenda transatlântica, informou a Casa Branca em comunicado.

O acordo acontece após a vitória do republicano Donald Trump na corrida à Casa Branca, que durante sua campanha disse que caso a Rússia atacasse um membro da Otan, ele iria considerar se o país atacado cumpriu seus compromissos de defesa antes de providenciar ajuda militar.

"Os líderes concordaram sobre a necessidade de trabalhar coletivamente para avançar com a agenda transatlântica, particularmente para levar estabilidade ao Oriente Médio e norte da África, assim como assegurar resoluções diplomáticas aos conflitos na Síria e leste da Ucrânia", informou a Casa Branca em comunicado.

"Os líderes também afirmaram a importância de cooperação contínua através de instituições multilaterais, incluindo a Otan", acrescentou.

(Reportagem de Jeff Mason)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos