Para Mark Wahlberg, nascido em Boston, filme sobre atentado à maratona é pessoal

LOS ANGELES (Reuters) - Os realizadores do primeiro filme de Hollywood sobre o ataque a bomba contra a Maratona de Boston, nos Estados Unidos, em 2013, disseram que sentiram uma pressão enorme para encontrar o tom e a narrativa certos por todos os que foram mortos e ficaram feridos no atentado.

"Dia de Heróis", que estreia nos cinemas dos EUA em 21 de dezembro, teve a sua première mundial em Los Angeles na noite de quinta-feira, e Mark Wahlberg, produtor e estrela do filme, nascido em Boston, afirmou que as expectativas locais eram grandes.

"Eu vou ser responsável, e eles vão me avaliar pelos padrões mais altos, e as expectativas vão além”, disse Wahlberg à Reuters no tapete vermelho.

Três pessoas foram mortas e 264 ficaram feridas quando duas bombas artesanais explodiram no meio do público perto da linha de chegada da maratona em 15 de abril de 2013.

O canal de TV a cabo HBO veicula na semana que vem um documentário cujo foco principal é a luta e as dificuldades dos sobreviventes.

A versão cinematográfica trata da caçada aos autores do atentando, os irmãos Dzhokhar and Tamerlan Tsarnaev.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos