China promete maior abertura em discussão de líderes sobre livre-comércio

Por Mitra Taj e Caroline Stauffer

LIMA (Reuters) - O presidente da China, Xi Jinping, prometeu neste sábado abrir mais a segunda maior economia do mundo em reunião dos líderes dos países da Ásia-Pacífico no Peru, com o objetivo de buscar novas opções de livre-comércio após a eleição de Donald Trump para a Presidência dos Estados Unidos com uma plataforma protecionista.

A reunião anual da Apec está sendo realizada em Lima pouco mais de uma semana depois de a vitória de Trump afetar as esperanças em torno do maior acordo comercial proposto pelos EUA, a Parceria Transpacífico (TPP, na sigla em inglês).

Xi está vendendo uma visão alternativa para o comércio regional ao promover a Parceria Econômica Abrangente Regional, que como está exclui os EUA.

"A China não vai fechar sua porta para o mundo lá fora, mas sim abrir mais", disse Xi em discurso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos