Desaceleração da Alemanha no 3°tri era esperada, diz ministro das Finanças

BERLIM (Reuters) - Uma desaceleração da economia alemã no terceiro trimestre era esperada após o forte crescimento no primeiro semestre deste ano, disse o Ministério das Finanças nesta segunda-feira, acrescentando que o consumo privado e os gastos do governo são os principais motores.

A economia alemã cresceu 0,2 por cento no terceiro trimestre, após expansão de 0,4 por cento nos três meses até junho, com enfraquecimento das exportações.

O ministério disse em relatório mensal que o mercado de trabalho permaneceu sólido e que a criação de empregos foi positiva no outono (do hemisfério norte).

"A criação de empregos foi mantida, embora a um ritmo um pouco mais fraco do que nos dois primeiros trimestres" disse o ministério. "O desemprego caiu mais".

No mês passado, o governo elevou sua previsão de crescimento de 2016 para 1,8 por cento, ante 1,7 por cento anteriormente, a qual será a maior taxa de expansão em cinco anos.

Os principais institutos econômicos prevêem uma taxa de crescimento de 1,9 por cento neste ano.

(Por Joseph Nasr)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos