IBM investe em centro de dados no Reino Unido mesmo após Brexit

LONDRES (Reuters) - O grupo global de tecnologia da informação IBM triplicará o número de seus centros de dados em nuvem no Reino Unido, disse a empresa nesta terça-feira, se juntando ao Facebook e ao Google nos investimentos no Reino Unido após a decisão britânica de deixar a União Europeia.

A IBM disse vai construir quatro novos centros de dados para atender à demanda de seus clientes corporativos e do setor público, que estão armazenando cada vez mais dados e administrando seus negócios via computação em nuvem.

O diretor-geral para serviços em nuvem da IBM na Europa, Sebastian Krause, disse que os investimentos refletem a força da economia do Reino Unido e o tamanho da oportunidade da área de computação em nuvem.

"Os clientes do Reino Unido entendem verdadeiramente as possibilidades da nuvem para guiar a inovação, para serem mais flexíveis em seus modelos de negócios, para ter melhor compreensão para a tomada de decisões e para entregar um serviço melhor ao consumidor", disse ele em entrevista.

A IBM avaliou sua capacidade em nuvem no Reino Unido antes do Brexit, em junho, disse ele, mas não viu motivos para mudar de ideia após o resultado da decisão.

"Todos concluíram que a economia do Reino Unido continuará muito forte e haverá oportunidades significativas com ou sem o Brexit", disse.

(Por Paul Sandle)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos