Mercados chineses têm pouca variação, com ganhos em setores bancário e imobiliário

SYDNEY/XANGAI (Reuters) - Os mercados da China tiveram pouca variação nesta quarta-feira, consolidando ganhos recentes com os setores bancário e de imóveis ainda sendo a preferência dos investidores.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve alta de 0,19 por cento, enquanto o índice de Xangai recuou 0,21 por cento.

Ambos os índices atingiram seus níveis mais altos desde o início de janeiro e estão em tendência técnica de alta, rompendo a faixa de negociações que durou oito meses.

Os resultados dos setores foram mistos, com os ganhos sendo liderados pelos bancos e pelo setor imobiliário, enquanto infraestrutura e energia recuaram.

O restante da região mostrou recuperação e chegou às máximas de uma semana em meio aos ganhos em Wall Street.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, subia 0,63 por cento às 7:45, afastando-se ainda mais das mínimas de quatro meses atingidas na segunda-feira.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei não operou.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,01 por cento, a 22.676 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,21 por cento, a 3.241 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,19 por cento, a 3.474 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,23 por cento, a 1.987 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,49 por cento, a 9.178 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,62 por cento, a 2.839 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,31 por cento, a 5.484 pontos.

(Por Wayne Cole, Luoyan Liu e John Ruwitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos