Hackers atacam executivo da UE, mas não há vazamento de dados, diz porta-voz

BRUXELAS (Reuters) - Hackers atacaram computadores da Comissão Europeia nesta quinta-feira, inundando os servidores do executivo do bloco com pedidos de serviço digitais, mas não houve vazamento de dados, embora a velocidade da conexão tenha sido afetada, disse a Comissão.

"Na tarde de ontem a Comissão foi alvo de uma tentativa de saturar nossa conexão de internet", disse nesta sexta-feira o porta-voz da Comissão, Margaritis Schinas, a jornalistas.

"A comissão adotou medidas eficazes de contra ataque e não houve interrupção do serviço. Embora a velocidade de conexão tenha sido afetada por um momento, não houve vazamento de dados", ele disse.

Schinas disse que a Comissão não sabia quem estava por trás do ataque, que foi do tipo negação de serviço distribuída (DDoS, na sigla em inglês), quando várias solicitações simultâneas aos servidores causam uma parada no serviço.

O ataque aconteceu durante a visita do presidente ucraniano, Petro Poroshenko, a Bruxelas para discutir possíveis vistos livres para viagens à UE. Schinas não quis dizer se há qualquer conexão entre o ataque e a visita.

(Por Jan Strupczewski)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos