STF determina que multa de R$75 mi paga por Sérgio Machado vá para Transpetro

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira que os 75 milhões de reais de multa pagos por Sérgio Machado em acordo de delação premiada com a Lava Jato sejam integralmente destinados à Transpetro, subsidiária da Petrobras que Machado presidiu, informou o Supremo.

Inicialmente, 80 por cento da multa paga por Machado no acordo seria destinada à União e os 20 por cento restantes à Transpetro. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo que os valores fossem invertidos, ficando a Transpetro com 80 por cento da multa e a União com os 20 por cento restantes.

Teori, no entanto, entendeu que a Transpetro foi a vítima dos crimes cometidos por Machado e que não seria razoável que a subsidiária da Petrobras não ficasse integralmente com o valor da multa paga por Machado.

(Por Eduardo Simões, em São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos