EUA não enviarão delegação a Cuba para funeral de Fidel

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, não enviará uma delegação a Cuba para o funeral de Fidel Castro, líder comunista que morreu na semana passada, disse a Casa Branca nesta terça-feira.

Ben Rhodes, vice-conselheiro de segurança nacional, e Jeffrey DeLaurentis, indicado de Obama a embaixador em Havana, representarão os Estados Unidos na cerimônia em homenagem ao líder, disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest.

(Reportagem de Eric Walsh e Roberta Rampton)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos