Eu poderia ter conquistado mais se fosse mais sério quando jovem, diz Usain Bolt

Por Mitch Phillips

MÔNACO (Reuters) - Refletindo sobre a sua incrível carreira na noite em que foi nomeado Atleta do Ano pela sexta vez, Usain Bolt disse que o seu único arrependimento de verdade foi não levar o esporte mais a sério quando mais jovem.

"Talvez eu pudesse ter estado em quatro Olimpíadas”, disse o velocista e superastro jamaicano à imprensa nesta sexta-feira antes de ser coroado mais uma vez o Atleta do Ano (masculino) da associação internacional de atletismo, após a sua atuação nos Jogos Olímpicos do Rio em agosto.

"O prêmio é definitivamente uma grande coisa, ele prova que todo o trabalho duro valeu a pena”, disse. A campeã olímpica dos 10 mil metros e recordista mundial, Almaz Ayana, da Etiópia, ficou com o prêmio entre as mulheres.

"Os torcedores ajudam a votar para isso, e é para os torcedores que eu continuo fazendo.”

Com nove ouros olímpicos guardados, Bolt planeja pendurar a sapatilha no ano que vem depois de um giro de despedida pelos seus estádios favoritos.

“Quando eu olho para trás a única coisa de fato que eu acho que eu mudaria seria ter me tornado mais sério antes”, disse Bolt.

"Eu confiava mais no meu talento. Se fosse mais sério, eu acho que teria feito muito mais na minha carreira. É incrível, mas é verdade. Talvez se eu tivesse começado mais novo eu teria quatro Olimpíadas.”

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos