Projeto de lei dá à polícia chinesa controle sobre repercussão online de desastres

(Reuters) - A polícia da China poderá censurar a cobertura online sobre desastres naturais ou provocados por humanos, segundo a revisão de um projeto de lei sobre policiamento do país que o Escritório de Segurança Pública da China divulgou na quinta-feira.

A China relata uma alta taxa de acidentes e desastres naturais todos os anos devido à sua vasta geografia e seus padrões relativamente baixos de segurança pública e de construções. O governo prometeu melhorar o histórico ruim de segurança do país.

Incidentes frequentemente coincidem com uma explosão de luto e raiva pública que as autoridades buscam conter usando controles de internet e cobertura da mídia estatal focando no sucesso dos trabalhos de recuperação.

O ajuste provisório da lei de policiamento da China, divulgado no site do escritório de segurança, garantiria à polícia mais poderes para lidar com desastres em sua jurisdição.

"Quando necessário", a polícia local poderá "implementar controles de internet" se for aprovado pelo escritório de segurança pública da província, diz o projeto.

O projeto de lei está em fase de consulta pública e as sugestões serão aceitas até o fim de 2016, diz nota no site do escritório, sem dar prazo para a implementação da lei revista.

(Por Christian Shepherd)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos