Atacante islandês Gudjohnsen se oferece para jogar pela Chapecoense

(Reuters) - O ex-atacante do Barcelona e do Chelsea Eidur Gudjohnsen se ofereceu para jogar pela Chapecoense após o acidente aéreo na semana passada que deixou 71 mortos, incluindo a maior parte dos jogadores da equipe catarinense, além do técnico e da comissão técnica.

O islandês, de 38 anos, está sem contrato depois de ter sido liberado pelo norueguês Molde em agosto.

"Por respeito eu jogo pela @ChapecoenseReal caso tenham lugar para mim! Não é só para jogar com @10Ronaldinho de novo", disse Gudjohnsen em publicação no Twitter.

Ronaldinho Gaúcho, ex-companheiro de clube de Gudjohnsen no Barcelona, também disse querer ajudar a Chapecoense, segundo reportagem do GloboEsporte.com na semana passada.

Somente três jogadores do time da Chapecoense que seguiam para a final da Copa Sul-Americana na Colômbia contra o Atlético Nacional sobreviveram ao desastre aéreo.

(Reportagem de Simon Jennings, em Bangalore)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos