Fórmula 1 volta à França após ausência de 10 anos

PARIS (Reuters) - O Grande Prêmio da França de Fórmula 1 irá voltar em 2018 após dez anos, com a corrida marcada para acontecer no circuito Paul Ricard, no sul da França, disse nesta segunda-feira o político regional Christian Estrosi.

"Eu e aqueles que estão comigo estamos muito felizes... é uma grande vitória", disse Estrosi a repórteres.

Batizada com o nome do magnata que financiou o circuito, conhecido como Le Castellet, a pista sediou um grande prêmio pela última vez em 1990. A corrida mais recente da Fórmula 1 na França foi em Magny-Cours, no centro da França, em 2008.

A França foi sede do primeiro Grande Prêmio reconhecido, próximo a Le Mans, em 1906, e também foi parte da primeira temporada do Campeonato Mundial, em 1950 com uma corrida em Reims.

O acordo de cinco anos foi firmado com a região da Provença-Alpes-Costa Azul (Paca), em associação com a cidade de Toulon, departamento de Var e a associação de esportes a motor da França (FFSA).

Estrosi, que é presidente da Paca, ex-prefeito de Nice e ex-piloto de carros e motos, disse que o evento deve acontecer no verão europeu.

Ele se negou a dizer o custo para realizar a competição da elite automobilística, mas disse que o contrato possui uma faixa de preço normal para um Grande Prêmio na Europa.

"Perder o Grande Prêmio deixou uma verdadeira cicatriz no país", disse Estrosi.

A Alemanha foi cortada do calendário da F1 de 2017 por razões financeiras, mas Hockenheim ainda possui um contrato para realizar a corrida em 2018.

(Reportagem de Tatiana Chadenat)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos