Premiê do Japão irá visitar Havaí com Obama para lembrar vítimas de Pearl Harbor

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse nesta segunda-feira que irá visitar o Havaí nos dias 26 e 27 de dezembro para ter sua última reunião com o presidente dos Estados Unidos em fim de mandato, Barack Obama, e para lembrar as vítimas do ataque japonês a Pearl Harbor 75 anos atrás.

Abe será o primeiro premiê japonês a ir a Pearl Harbor durante o exercício do cargo desde que Tóquio lançou um ataque-surpresa à base naval dos EUA em dezembro de 1941.

Sua visita se segue a uma viagem histórica de Obama a Hiroshima em maio – foi a primeira vez que um mandatário norte-americano ainda na função visitou a cidade japonesa devastada por uma bomba nuclear dos EUA em 1945.

"Visitarei Pearl Harbor com o presidente Obama. Esta será uma visita para consolar as almas das vítimas", disse Abe a repórteres.

"Gostaria de mostrar ao mundo a determinação para que os horrores da guerra jamais sejam repetidos".

O ataque à base naval realizado por aviões torpedeiros, bombardeiros e caças levou os EUA a entrarem na Segunda Guerra Mundial declarando guerra ao Japão, e as bombas nucleares lançadas pelos EUA em Hiroshima e Nagasaki forçaram o Japão a se render.

        

(Por Kiyoshi Takenaki)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos