Supostos militantes islâmicos libertam 93 detentos de prisão no Mali

BAMAKO (Reuters) - Supostos militantes islâmicos libertaram 93 detentos durante um ataque a uma prisão de Niono, cidade no centro do Mali, no início nesta terça-feira, disseram autoridades.   

A invasão da prisão foi a segunda do tipo nas últimas semanas no Mali, onde grupos militantes sediados no norte desértico ampliaram sua campanha para regiões do centro e do sul do país, complicando esforços de paz internacionais.

Cinco homens armados atacaram a cadeia e feriram dois guardas, informou o Ministério da Segurança.

Noventa prisioneiros continuavam à solta na tarde desta terça-feira, e três foram recapturados. O Exército foi acionado para a perseguição.

Não ficou claro de imediato quem está por trás do ataque, mas uma série de grupos islâmicos, alguns ligados à Al Qaeda, intensificaram sua insurgência no território malinês neste ano.

 (Por Adama Diarra e Tiemoko Diallo)    

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos