Viana avisa que suspenderá votação da PEC dos gastos, diz O Globo

(Reuters) - O senador Jorge Viana (PT-AC), que assumirá a presidência do Senado após a oficialização do afastamento do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse a interlocutores que suspenderá as votações de projetos do interesse do governo, incluindo a PEC do teto de gastos, segundo reportagem no site do jornal O Globo nesta terça-feira.

"Jorge Viana está compreensivo, mas dizendo que suspenderá toda a pauta", disse um líder da base aliada que participou de reunião com Viana na casa de Renan na noite de segunda-feira, de acordo com o jornal.

Viana, no entanto, afirmou a repórteres ao sair da casa de Renan que ainda vai avaliar o que fazer caso assuma de fato a presidência do Senado, após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello decidir pelo afastamento de Renan.

"Se eu assumir a presidência do Senado vou ter que ver o que fazer diante do calendário que nós temos e do tempo que temos até o recesso. Mas eu não vou antecipar nada antes que isso aconteça", disse o vice-presidente do Senado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos