Bolívia detém presidente da LaMia após acidente com avião da Chapecoense

LA PAZ (Reuters) - Autoridades bolivianas detiveram na terça-feira o presidente-executivo da LaMia, companhia aérea dona do avião que caiu na semana passada na Colômbia matando quase todo time da Chapecoense, disseram procuradores.

Gustavo Vargas e dois outros funcionários da empresa foram levados para o escritório do procuradoria em Santa Cruz para prestarem depoimento como parte de uma investigação sobre o desastre.

O acidente deixou 71 mortos, após o avião possivelmente ficar sem combustível.

(Reportagem de Daniel Ramos)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos