Excesso de informação não é um problema para maioria dos norte-americanos, diz pesquisa

WASHINGTON (Reuters) - A maioria dos norte-americanos não vê a "sobrecarga de informações" como um problema, apesar da explosão dos dados e imagens na internet, de acordo com uma pesquisa do Pew Research Center na quarta-feira.

Apenas 20 por cento dos adultos norte-americanos sentem que recebem mais informações do que o que conseguem lidar, uma queda ante 27 por cento uma década atrás. Pouco mais de três quartos gosta de ter tantas informações disponíveis, mostrou a pesquisa, que ouviu 1.520 pessoas.

"Geralmente, os norte-americanos gostam de muita informação e acesso a ela", disse o relatório sobre como os adultos dos Estados Unidos lidam com as demandas de informação.

Quase quatro em cinco norte-americanos concordam que são confiantes em relação ao uso da internet para se manter em dia com as demandas de informação, que muita informação dá a eles a sensação de mais controle sobre suas vidas e que podem determinar facilmente quais informações são confiáveis.

Norte-americanos que têm mais de 65 anos, ensino médio completo ou nível inferior de instrução e ganham menos de 30 mil dólares por ano são mais propensos a dizer que enfrentam um excesso de informação.

A pesquisa do Pew envolveu pessoas maiores de 18 anos entrevistadas por telefones fixos e celulares entre 7 de março e 4 de abril. A margem de erro foi de 2,9 pontos percentuais, para mais ou para menos.

(Por Ian Simpson)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos