Bolsas dos EUA fecham novamente em máximas históricas

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos subiram novamente nesta quinta-feira e atingiram novas máximas recordes, com continuidade da alta verificada após a eleição de Donald Trump.

Os investidores estão apostando em ações desde a eleição de Trump em 8 de novembro, devido ao otimismo com a possibilidade de adoção de medidas de estímulo à economia doméstica e de redução de impostos e regulações corporativas.

Um relatório divulgado nesta quinta-feira apoiou o sentimento altista ao mostrar que o número de norte-americanos pedindo auxílio-desemprego caiu na semana passada após uma máxima de cinco meses, apontando para um fortalecimento do mercado de trabalho e ressaltando a força da economia.

O índice Dow Jones subiu 0,33 por cento, para 19.614 pontos, o S&P 500 teve alta de 0,22 por cento, para 2.246 pontos e o Nasdaq Composite avançou 0,44 por cento para 5.417 pontos.

Todos os três índices estabeleceram novos recordes, um dia após cada um deles ter registrado ganhos de pelo menos 1 por cento. O índice Russell 2000 de ações small-caps, que subiu 15 por cento desde a eleição, também alcançou nova máxima.

(Por Lewis Krauskopf; reportagem adicional por Yashaswini Swamynathan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos