Ex-astronauta dos EUA John Glenn morre aos 95 anos

(Reuters) - O ex-astronauta e ex-senador dos Estados Unidos John Glenn morreu nesta quinta-feira, aos 95 anos, no Centro Médico Wexner, da Universidade Estadual de Ohio em Columbus, informou o governador de Ohio.

Glenn foi o primeiro norte-americano a orbitar a Terra e era o último membro vivo dos originais sete astronautas da "Right Stuff" Mercury.

"John Glenn é, e sempre será, o maior herói local de Ohio e seu falecimento hoje é uma ocasião de luto para todos nós", disse o governador de Ohio, John Kasich, em comunicado.

Glenn obteve o crédito por reviver o orgulho norte-americano após a dominação inicial da antiga União Soviética na exploração tripulada do espaço. Suas três voltas ao redor do mundo na cápsula Friendship 7 em 20 de fevereiro de 1962 forjaram uma poderosa conexão entre o ex-piloto de combate e a jornada da era Kennedy para explorar o espaço como uma "nova fronteira".

Ele foi eleito senador dos EUA em 1974 e representou o Estado de Ohio por 24 anos como um democrata moderado.

(Por Will Dunham)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos