Forte terremoto atinge Ilhas Salomão; alerta de tsunami é retirado

SYDNEY/WELLINGTON (Reuters) - Um terremoto de magnitude 7,8 atingiu as Ilhas Salomão, na Oceania, no começo de sexta-feira (horário local), mas não havia relatos de feridos e um alerta de tsunami em uma ampla área do Pacífico Sul foi retirado.

O diretor do Gabinete Nacional de Gerenciamento de Desastres das Ilhas Salomão, Loti Yates, disse que recebeu relatos de edifícios desmoronados em vilas em Makira, a ilha mais próxima do epicentro do terremoto submarino, que inicialmente provocou um alerta de tsunami até no Havaí.

"As vilas com as quais estabelecemos contato foram esvaziadas, na verdade a maioria das comunidades com quem conversamos já havia sido esvaziada", afirmou Yates à Reuters. "Eles nos ligaram das montanhas, o que é bom."

Yates disse que não havia recebido nenhuma informação de mortes.

O terremoto ocorreu às 4h38 (15h38 de quinta-feira no horário de Brasília) a uma profundidade de 40 km, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos. O tremor foi relatado inicialmente como sendo de magnitude 8,0.

O Centro de Alerta de Tsunami no Pacífico (PTWC) havia divulgado alertas de ondas perigosas para os litorais de Ilhas Salomão, Vanuatu, Papua Nova Guiné, Nauru, Nova Caledônia, Tuvalu e Kosrae.

Um alerta de tsunami inicial para o Havaí foi cancelado.

(Reportagem de Tom Westbrook e Charlotte Greenfield)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos