Inflação dentro da meta em 2016 teria "simbolismo" importante, diz secretário

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A surpreendente desaceleração da alta do IPCA vista em novembro abre a possibilidade de a inflação ficar dentro da meta de oficial neste ano, o que teria um simbolismo importante para o país, afirmou nessa sexta-feira o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto de Almeida Junior.

Isso porque, acrescentou, inflação mais baixa abre espaço para novas quedas nos juros por parte do Banco Central, em meio ao cenário recessivo da economia.

"O resultado de hoje veio bem abaixo da expectativa de mercado e acho que isso mostra o bom trabalho do BC e junto com as medidas de ajuste fiscal que o governo tem feito, isso vai dar continuidade a essa trajetória de queda dos juros", disse ele a jornalistas após participar de evento no Rio.

O IPCA subiu em novembro 0,18 por cento, menos do que o esperado e chegou ao menor nível para o mês em 18 anos, com o índice indo abaixo de 7 por cento em 12 meses pela primeira vez em quase de dois anos, o que consolida apostas de que o Banco Central vai intensificar o afrouxamento monetário e abre espaço para que o teto da meta seja alcançado.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos