Petrobras

Preços da gasolina e diesel sobem na semana após reajuste da Petrobras, diz ANP

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os preços médios da gasolina e do diesel vendidos nos postos do Brasil subiram na última semana na comparação com o período anterior, após a Petrobras ter elevado os preços nas refinarias, apontou nesta sexta-feira pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Entre 4 e 10 de dezembro, a gasolina vendida na bomba ficou quase 1 por cento mais cara ante a semana anterior, ao preço médio nacional de 3,691 reais/litro, enquanto preço médio do diesel subiu 0,13 por cento, para 2,983 reais/litro.

A mudança de valores ocorre após a Petrobras elevar o preço do diesel nas refinarias em 9,5 por cento e da gasolina em 8,1 por cento, em média, a partir da última terça-feira.

Desde que a nova política de preços da petroleira passou a vigorar, em outubro, essa foi a primeira vez que a Petrobras ajustou para cima os valores.

O movimento ocorreu após os preços do barril do petróleo terem disparado na sequência do anúncio de acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) na semana passada para reduzir a produção.

Os preços dos combustíveis fósseis nas refinarias estão sujeitos a alterações mais frequentes com a nova política de preços da Petrobras anunciada em outubro, que tende a repassar movimentos de cotações do petróleo e câmbio, por exemplo.

Visando dar mais transparência ao mercado, a companhia prevê atualmente avaliações de preços pelo menos uma vez por mês.

No caso do etanol hidratado, os preços subiram aproximadamente 0,4 por cento entre 4 e 10 de dezembro, ante o período de 27 de novembro a 3 de dezembro.

 

 

(Por Marta Nogueira)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos