Temer promete levar "com força" reforma da Previdência

(Reuters) - O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira que levará "com força" a proposta de reforma da Previdência encaminhada pelo seu governo ao Congresso Nacional e negou que a PEC que limita os gastos públicos afeta investimentos em saúde e educação.

Em discurso em Fortaleza, Temer também mostrou confiança que o Senado aprovará, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos gastos na terça-feira.

"O teto é geral. Há prioridades que devemos atender. Não só agora, como no futuro, saúde e educação são prioridades", disse o presidente.

Temer disse ainda que a reforma da Previdência é necessária para garantir o benefício aos "jovens de amanhã que vão se aposentar depois de amanhã".

O presidente afirmou ainda que seu governo "tem responsabilidade fiscal de um lado e responsabilidade social de outro" e voltou a dizer que medidas consideradas impopulares hoje, casos do teto dos gastos e das mudanças na Previdência, serão apontadas como populares no futuro.

(Por Eduardo Simões)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos