França prende novo suspeito de ataque terrorista frustrado

PARIS (Reuters) - Autoridades judiciais da França prenderam e acusaram um sexto suspeito de planejar ataques na região de Paris, disse uma fonte jurídica neste sábado.

A França está sob estado de emergência desde a onda de ataques islamitas no ano passado, dando a polícia plenos poderes. As prisões vieram em um momento estratégico, antes das eleições presidenciais que acontecerão em abril de 2017 e terão a segurança como tema-chave.

O suspeito de 31 anos de idade foi preso preventivamente e acusado de cooperação com "terroristas criminosos" e de ter fornecido armas a seus cúmplices, de acordo com a fonte.

Cinco outros homens suspeitos de fazer parte do plano frustrado estão sob custódia após várias operações policiais na cidade portuária de Marselha e em Strasburgo, no nordeste da França.

Investigadores descobriram um plano para atacar uma estação de metrô em Paris e também o parque da Disneylândia, na região leste da capital, em nome do Estado Islâmico, afirmou a fonte jurídica.

Mais de 230 pessoas foram mortas em ataques islamitas em solo francês desde janeiro de 2015, incluindo 130 nos ataques coordenados em Paris em novembro do ano passado.

(Por Yves Clarisse)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos