Braço do grupo curdo PKK assume responsabilidade por atentado em Istambul

ANCARA (Reuters) - Uma ramificação do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) reivindicou neste domingo a responsabilidade pelo ataque a bomba do lado de fora de um estádio de futebol em Istambul, que matou 38 pessoas e feriu 155.

Em uma declaração em seu site, o grupo Falcões da Liberdade do Curdistão (TAK) disse que realizou os ataques. O TAK assumiu a responsabilidade por outros ataques mortais na Turquia este ano.

(Reportagem de Tuvan Gumrukcu e Daren Butler)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos