Temer convoca reunião de emergência para avaliar delações da Odebrecht, diz mídia

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente Michel Temer convocou ministros e líderes da base para uma reunião de emergência na noite desde domingo para avaliar as delações do ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Claudio Melo Filho, segundo matérias veiculadas na mídia nesta tarde.

O jornal O Estado de S.Paulo relata que no encontro, que acontecerá no Palácio do Jaburu, Temer também discutirá medidas para a retomada da economia ainda este ano.

A temperatura política voltou a subir em Brasília com o vazamento de delação do ex-executivo da Odebrecht, que citou recursos repassados a líderes peemedebistas.

    Foram citados o presidente Michel Temer, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, o secretário do Programa de Parcerias de Investimento, Moreira Franco, o líder do partido no Senado, Eunício Oliveira (CE), o presidente da Casa, Renan Calheiros (AL), e o líder do governo no Congresso, Romero Jucá (RR), além de políticos de outros partidos, como o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Os políticos negaram qualquer irregularidade.

(Por Marta Nogueira)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos