Acionista da Sky deve votar contra oferta de aquisição feita pela Fox por US$14 bi

LONDRES (Reuters) - Um grande acionista no grupo britânico de TV paga Sky vai votar contra a proposta de aquisição da companhia pela Twenty-First Century Fox, por 14 bilhões de dólares, enquanto outro disse estar insatisfeito com a oferta, disse um investidor à Reuters.

Na sexta-feira, a Fox, do magnata Rupert Murdoch, ofereceu 10,75 libras (13,52 dólares) por ação em dinheiro, na segunda tentativa de comprar a fatia de 61 por cento da Sky que ainda não possui. Diretores independentes da Sky apoiaram a proposta.

O investidor, que pediu para não ser identificado porque estava entre os 50 maiores acionistas da Sky, descreveu a oferta como "muito baixa". "Estamos votando contra o acordo se vier na forma atual e dissemos à companhia isso", afirmou.

Uma porta-voz da Sky se recusou a comentar o assunto.

O acordo daria à Fox o controle da Sky, uma rede de televisão paga com 22 milhões de assinantes na Grã-Bretanha, Irlanda, Áustria, Alemanha e Itália.

Um segundo acionista disse ao jornal Sunday Telegraph que os diretores da Sky deviam pressionar por mais. "Tem que ser o início do processo, não a conclusão", disse Alastair Gunn, gestor de fundo na Jupiter Asset Management, à publicação.

(Por Costas Pitas)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos