Português Guterres toma posse como próximo secretário-geral da ONU

Por Michelle Nichols

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O ex-primeiro-ministro português Antonio Guterres tomou posse como secretário-geral da Organização das Nações Unidas, nesta segunda-feira, comprometendo-se pessoalmente a ajudar a paz em vários conflitos e a reformar o organismo de 71 anos para se tornar mais eficaz.

Guterres, de 67 anos, vai substituir o sul-coreano Ban Ki-moon, de 72, em 1 de janeiro. Ban deixa o posto no fim do ano após dois mandatos de cinco anos. Guterres foi primeiro-ministro de Portugal de 1995 a 2002 e alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados de 2005 a 2015.

"Desde as crises agudas na Síria, no Iêmen, no Sudão do Sul e em outros lugares até as longas disputas, incluindo o conflito israelo-palestino, precisamos de mediação, arbitragem e diplomacia criativa", disse Guterres.

Guterres venceu 12 outros candidatos, sete dos quais eram mulheres, em meio a um movimento para a eleição de uma mulher para o posto. Ele disse na segunda-feira que pretende promover a paridade de gênero na liderança da ONU durante o seu mandato de cinco anos.

Diplomatas disseram que Guterres deve nomear em breve a ministra do Meio Ambiente da Nigéria, Amina Mohammed, como secretária-geral adjunta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos