WhatsApp e Skype devem se submeter a novas regras de segurança da UE--documento

BRUXELAS (Reuters) - Os serviços de mensagens como o Skype e o WhatsApp enfrentarão regras mais rígidas sobre como lidam com dados de clientes sob novas leis de segurança devido à propostas da União Europeia, de acordo com um projeto de lei visto pela Reuters.

O executivo da União Europeia querem ampliar algumas regras apenas que se aplicam apenas à operadores de telecomunicações para companhias de internet, oferecendo ligações e mensagens através da internet, conhecido como serviços "Over-The-Top" (OTT), de acordo com o projeto.

Os serviços de internet terão que garantir confidencialidade das comunicações e obter o consentimento dos usuários para processar seus dados de localização, copiando disposições similares incluídas em uma lei de proteção de dados separada que deve passar a valer em 2018.

As empresas de telecomunicações têm reclamado há muito tempo que empresas como Google, Microsoft e o Facebook sofrem regulamentação mais branda, apesar de oferecem serviços similares.

Uma porta-voz da Comissão Europeia não quis comentar sobre o projeto, mas disse que o objetivo da revisão era adaptar as regras à regulamentação de proteção de dados que passará a valer em 2018 e simplificar as disposições sobre cookies.

(Por Julia Fioretti)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos