Atlético de Madri passa por pior crise da era Simeone, diz Gabi

MADRI (Reuters) - O Atlético de Madri está passando pela pior crise da era Diego Simeone, num momento em que o time ficou 12 pontos atrás do Real Madrid, líder do Campeonato Espanhol, de acordo com o capitão Gabi Fernández.

A equipe de Simeone perdeu do Villarreal na segunda-feira por 3 x 0, caindo para a sexta colocação da tabela, e está com 10 pontos a menos do que tinha na mesma altura da temporada passada.

"Tivemos cinco anos de sucesso, mas este é nosso momento mais difícil", disse Gabi à rádio espanhola Cadena Ser.

"Agora vamos ver se somos realmente um time e se somos capazes de sair desta situação".

O Atlético estava invicto e liderava a liga espanhola até 15 de outubro, mas nas sete últimas partidas só venceu duas e perdeu quatro.

"Virou uma caminhada ladeira acima", disse Gabi a respeito das chances de título do Atlético. "As coisas se complicaram".

"O que está claro é que o que fizemos até agora não basta para vencer jogos e que temos que trabalhar mais duro. Não podemos nos concentrar em planos de longo prazo, agora mais do que nunca, temos que nos ater à postura de Simeone de um jogo de cada vez".

Um dos times espanhóis mais fortes na defesa nos últimos anos, o Atlético só sofreu três gols em seus oito primeiros embates na liga, mas levou 11 nos últimos sete jogos.

(Por Adriana Garcia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos