Estado Islâmico assume autoria de ataque em catedral no Cairo

CAIRO (Reuters) - O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade nesta terça-feira por um ataque realizado por um homem-bomba na principal catedral da igreja ortodoxa copta e ameaçou fazer mais ataques contra cristãos.

O grupo militante disse em comunicado que o homem-bomba, identificado como Abu Abdallah al-Masri, detonou seu cinto de explosivos dentro da igreja.

"Cada infiel e apóstata no Egito e em toda a parte deve saber que nossa guerra... continua", disse o grupo em comunicado publicado por sua agência de notícias, a Amaq.

O nome dado pelo EI para o homem-bomba foi diferente do anunciado pelas autoridades egípcias na segunda-feira --Mahmoud Shafik Mohammed Mostafa. O grupo não deu explicações sobre isso.

Pelo menos 25 pessoas morreram no ataque e 49 ficaram feridas.

(Por Ali Abdelaty)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos