Governo federal libera R$430 mi para retomada da ferrovia Transnordestina

SÃO PAULO (Reuters) - O governo federal vai liberar 430 milhões de reais para retomada imediata das obras da Transnordestina, ferrovia de 1.728 quilômetros, que liga os Estados do Piauí, Ceará e Pernambuco, informou nesta terça-feira o Ministério da Integração Social.

Do total, 300 milhões de reais virão do Fundo de Investimentos do Nordeste (Finor), ligado ao Ministério da Integração Nacional, e os 130 milhões de reais restante da Valec Engenharia, Construções e Ferrovias SA, ligada ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

Segundo o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, a primeira parte do valor a ser liberado pelo Finor será de 152,7 milhões e permitirá a retomada das obras. Outros 150 milhões de reais estão condicionados à comprovação da execução dos serviços durante 2017. Os 130 milhões de reais da Valec estão previstos para investimentos também no ano que vem.

A Transnordestina Logística, responsável pelas obras da ferrovia, se comprometeu a apresentar em 50 dias um plano de trabalho sobre a aplicação dos recursos e as metas para dar impulso à execução dos serviços em 2017, disse o ministério em comunicado.

A Transnordestina já recebeu cerca de 6,3 bilhões de reais, dos quais cerca de 3,4 bilhões de reais são referentes a financiamentos federais, disse o ministério. Faltam cerca de 5 bilhões de reais para conclusão da obra, segundo previsão orçamentária inicial do governo.

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos