Tribunal da Holanda diz que artefatos de ouro da Crimeia devem ser entregues à Ucrânia

Por Thomas Escritt

AMSTERDÃ (Reuters) - Uma coleção inestimável de artefatos de ouro da Crimeia que estava emprestada a um museu da Holanda quando a Rússia anexou a península deve ser devolvida à Ucrânia, e não à própria Crimeia, determinou um tribunal holandês nesta quarta-feira, em um julgamento que deve irritar Moscou.

Kiev e quatro museus vêm disputando o destino dos tesouros arqueológicos, entre eles gemas, capacetes e bainhas de espada, que estavam emprestados ao Museu Allard Pierson de Amsterdã quando os russos tomaram a Crimeia da Ucrânia em março de 2014.

O porta-voz do chanceler ucraniano, Pavlo Klimkin, tuitou: "Esta é uma vitória importante para a Ucrânia".

Não houve reação imediata das autoridades russas, mas o veredicto provavelmente irá revoltar Moscou, que insiste ter soberania plena sobre a península do Mar Negro, sede de uma grande base naval russa.

A anexação da Crimeia, ocorrida na esteira da deposição de um presidente ucraniano pró-Rússia, desencadeou o maior confronto entre o Kremlin e o Ocidente desde o final da Guerra Fria e provocou sanções ocidentais contra Moscou, além de gerar complicações para organizações da Crimeia, de times esportivos a instituições culturais e comerciais, na arena internacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos