Bovespa sobe 0,3% com medidas para estimular a economia e ganhos em siderurgia e mineração

Por Flavia Bohone

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista encerrou com seu principal índice em alta nesta quinta-feira, com o anúncio de medidas para estimular a economia e os ganhos em ações de siderurgia e mineração ajudando a diminuir as preocupações com os juros norte-americanos e com a política local.

O Ibovespa subiu 0,32 por cento, a 58.396 pontos. O volume financeiro foi de 7,37 bilhões de reais.

Perto do fechamento dos negócios, o governo federal começou a anunciar seu pacote de medidas para estimular a economia, com a previsão de desburocratização para empresas e plano de regularização de dívidas tributárias.

Segundo operadores, em meio ao conturbado cenário político instalado em Brasília e com a retração econômica mais profunda e duradoura que o previsto inicialmente, medidas de estímulo à economia trazem algum alívio. O impacto no mercado deve ser percebido na sua totalidade na sessão de sexta-feira, uma vez que o governo ainda detalhava as medidas após o fechamento do pregão.

O mercado acionário brasileiro abriu esta sessão ainda pressionado pela decisão do Federal Reserve, na véspera, de subir o juro norte-americano em 0,25 ponto percentual, e sua sinalização de três altas em 2017, ante duas apontadas anteriormente. Além disso, a chair do Fed, Janet Yellen, disse que a eleição de Donald Trump colocou uma "nuvem de incerteza" sobre a autoridade monetária e levou algumas autoridades a mudar sua visão sobre o que está por vir.

DESTAQUES

- VALE PNA subiu 1,79 por cento VALE ON ganhou 1,26 por cento, revertendo as perdas vistas mais cedo e depois de acumularem queda superior a 10 por cento nos últimos cinco pregões.

- GERDAU avançou 5,05 por cento, entre as maiores altas do Ibovespa e recuperando terreno após despencar mais de 20 por cento nas cinco sessões anteriores. USIMINAS ganhou 5,19 por cento, também entre os destaques de alta do índice.

- BANCO DO BRASIL subiu 3,84 por cento, o melhor desempenho entre os bancos.

- BRASKEM PNA avançou 1,09 por cento, mas longe da máxima da sessão, quando subiu 5 por cento, após a empresa petroquímica anunciar acordo de leniência com autoridades brasileiras no âmbito da operação Lava Jato.

- PETROBRAS PN ganhou 0,75 por cento, enquanto PETROBRAS ON recuou 0,91 por cento, em sessão de alguma volatilidade para os papéis da petroleira e com os preços do petróleo sem tendência única. [O/R]

- CIELO caiu 5,92 por cento, destaque negativo do Ibovespa, refletindo o anúncio de que o governo analisa permitir cobrança de preços diferenciados para meios de pagamento distintos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos