Lei que estende sanções ao Irã será aprovada sem aval de Obama, diz Casa Branca

WASHINGTON (Reuters) - Um projeto de lei que estende sanções dos Estados Unidos contra o Irã por 10 anos será aprovado sem a assinatura do presidente Barack Obama, mas não irá afetar a implementação do acordo internacional que limita o programa nuclear iraniano, informou nesta quinta-feira a Casa Branca.

"Esta administração deixou claro que uma extensão da Lei de Sanções do Irã, enquanto desnecessária, é inteiramente consistente com nossos compromissos no Plano de Ação Conjunto Global (nome formal do acordo sobre o programa nuclear iraniano)", disse a Casa Branca.

"Consistente com esta posição de longa data, a extensão da Lei de Sanções do Irã se tornará lei sem a assinatura do presidente", informou a Casa Branca em comunicado.

(Reportagem de Eric Walsh)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos