Lula é novamente denunciado na Lava Jato em caso de terreno para instituto e apartamento em São Bernardo

SÃO PAULO (Reuters) - A força-tarefa da operação Lava Jato ofereceu nesta quinta-feira nova denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção e lavagem de dinheiro em um caso envolvendo um terreno que seria destinado ao Instituto Lula e um apartamento em São Bernardo do Campo (SP), informou o Ministério Público Federal.

De acordo com comunicado do MPF, as propinas pagas pela Odebrecht no esquema, que seria liderado pelo ex-presidente, somaram 75 milhões de reais em troca da obtenção de oito contratos da Petrobras para a construtora. Dentro deste valor, segundo os procuradores, estavam um terreno de 12,5 milhões de reais para o Instituto Lula e uma cobertura vizinha ao apartamento onde mora Lula no valor de 504 mil reais.

(Por Eduardo Simões)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos