EUA oferecem recompensa de US$25 mi por informação sobre líder do Estado Islâmico

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos mais do que duplicaram nesta sexta-feira a recompensa por informações sobre o líder do Estado Islâmico Abu Bakr al-Baghdadi, oferecendo 25 milhões de dólares por notícias que ajudariam a localizar, prender ou condenar o chefe do grupo jihadista.

O programa de Recompensas para Justiça do Departamento de Estado norte-americano vinha oferecendo, desde outubro de 2011, 10 milhões de dólares por informações sobre Baghdadi. O aumento foi divulgado em um comunicado nesta sexta.

Baghdadi, um iraquiano cujo nome verdadeiro é Ibrahim al-Samarrai, declarou-se califa de uma enorme faixa de território no Iraque e na Síria há dois anos.

Sua localização exata não está clara. Relatos apontam que ele poderia estar na cidade de Mosul, no Iraque, ou no território ocupado pelo Estado Islâmico, a oeste da cidade, perto da fronteira com a Síria.

(Reportagem de Yeganeh Torbati)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765)) REUTERS TR RBS

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos