Atentado suicida mata 43 soldados no Iêmen

ADEN (Reuters) - Um atentado suicida matou pelo menos 43 soldados na cidade portuária de Aden, no sul do Iêmen, disseram autoridades, uma semana depois de um ataque do grupo militante islâmico matar 50 soldados nas proximidades.

As autoridades disseram que os soldados estavam em fila para receber salários perto de uma base militar no distrito de Khor Maksar quando o homem-bomba atacou. Pelo menos 60 outras pessoas ficaram feridas.

Aden é a capital temporária do governo internacionalmente reconhecido do Iêmen no exílio na vizinha Arábia Saudita. A administração tem lutado para estabelecer seu controle na cidade, enquanto militantes têm lançado dezenas de ataques contra suas forças.

A Al Qaeda e o Estado Islâmico exploraram quase dois anos de guerra no país empobrecido, conduzindo assassinatos e bombardeios, principalmente em áreas islâmicas ilegais do sul do país, nominalmente controladas pelo governo.

(Por Mohammed Mukhashaf)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos