Malásia confirma oitavo caso de zika vírus

KUALA LUMPUR (Reuters) - A Malásia confirmou um oitavo caso de zika vírus neste domingo, envolvendo um homem de 67 anos que mostrou seus primeiros sintomas no final de novembro.

Um comunicado online do diretor geral do Ministério da Saúde Noor Hisham Abdullah não especificou se o homem do Estado de Selangor contraiu o caso localmente ou fora do país.

O comunicado afirmou que durante o período de 14 a 28 de novembro o homem estava em Kuala Lumpur, na cidade Selangor de Shah Alam e no estado de Perak, ao norte de Selangor.

"Seus familiares foram questionados e suas amostras de sangue e urina foram tiradas assim que ele (o paciente) foi testado positivo para o Zika", disse Noor Hisham.

"Uma detecção de casos ativos está sendo conduzida na área residencial do paciente para detectar se seus vizinhos têm sintomas do Zika."

A Malásia confirmou seu primeiro caso de Zika em setembro, após uma mulher ser testada positivo para o vírus após uma visita de três dias a Cingapura.

Autoridades de saúde norte-americanas concluíram que as infecções de zika em mulheres grávidas podem causar a microcefalia, um defeito de nascença marcado pelo tamanho inferior das cabeças e que pode levar a severos problemas de desenvolvimento nos bebês.

(Por Emily Chow)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos