Ônibus chegam a Aleppo para retirada de pessoas, diz mídia estatal síria

BEIRUTE (Reuters) - Os ônibus para retirada de pessoas de Aleppo começaram a entrar no último território mantido por insurgentes do leste de Aleppo, sob a supervisão do Comitê Internacional da Cruz Vermelha e da Cruz Vermelha Síria, informou a agência de notícias estatal síria SANA.

Os ônibus serão usados para retirar rebeldes e civis, informou a agência.

A representante da Organização Mundial de Saúde (OMS) na Síria, Elizabeth Hoff, disse esperar que a retirada comece nas próximas horas.

Ela disse que uma equipe da OMS estava a caminho de Ramousah, no sudoeste de Aleppo, onde as retiradas ocorreriam.

As imagens de televisão estatais creditadas como sendo em Ramousah mostravam ônibus estacionados ao lado de um cruzamento rodoviário e uma van com uma bandeira do Crescente Vermelho Árabe Sírio. Vários carros brancos grandes marcados com símbolos do Crescente Vermelho e da Cruz Vermelha estavam nas proximidades.

Uma porta-voz do Comitê Internacional da Cruz Vermelha em Genebra disse que não conseguia confirmar nada neste momento.

(Por Lisa Barrington em Beirute e Stephanie Nebehay em Genebra)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos