Forças lideradas por curdos pressionam Estado Islâmico perto de Raqqa, na Síria

BEIRUTE (Reuters) - Vários vilarejos dominados pelo Estado Islâmico foram capturados pelas Forças Democráticas Sírias (SDF, na sigla em inglês), uma coalizão de milícias apoiada pelos Estados Unidos que inclui um grande contingente curdo, disse nesta segunda-feira uma organização que monitora a guerra.

O avanço é parte de uma campanha militar apoiada por uma coalizão internacional liderada pelos EUA e dedicada a expulsar o Estado Islâmico de Raqqa, sua capital na Síria, e ocorre na esteira de progressos das SDF contra o grupo jihadista em todo o norte do país.

O grupo mais forte das SDF são as Unidades de Proteção Popular (YPG, na sigla em curdo), uma milícia curda, mas Washington disse que qualquer operação para retomar Raqqa deveria ser predominantemente árabe, a etnia da maioria dos habitantes da cidade.

Os avanços mais recentes no interior, cerca de 50 quilômetros a oeste e noroeste de Raqqa, vêm na sequência de uma fase anterior de ganhos das SDF em outra frente de batalha cerca de 30 quilômetro ao norte da localidade.

Três soldados das SDF morreram combatendo o Estado Islâmico após a captura de cinco vilarejos, relatou nesta segunda-feira o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, grupo de monitoramento sediado no Reino Unido.

(Por Angus McDowall)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos